Estante do Refúgio: Câncer de Mama - Conheça seu corpo

30/10/2015

Câncer de Mama - Conheça seu corpo

Oi meninas, hoje eu venho com o quarto post da série "Conheça seu corpo". Vamos lá?


Clique aqui para ler a segunda matéria: Anatomia e Fisiologia Feminina.

Clique aqui para ler a terceira matéria: Como é produzido o leite materno.

Depois de conhecermos mais sobre a campanha do Outubro Rosa, nos conhecer melhor e saber como o leite é produzido vamos falar de como ocorre o câncer de mama, como podemos evitá-lo e qual a importância da mamografia.


De um modo geral, o câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama devido a alterações genéticas de células que passam a se dividir descontroladamente, ocorrendo um crescimento excessivo  das células mamárias.
Esta infeliz doença atingem 1,38 milhões de mulheres e 458 mil mortes por ano, sendo que a cada 12 mulheres, uma é afetada pelo menos uma vez até os 90 anos.
O problema maior é que no estágio inicial o tumor não apresenta sintomas, por isso é muito importante fazer a mamografia anualmente a partir dos 50 anos, caso não tenha casos na família, ou 10 anos a menos do caso da tua família (exemplo: se eu tivesse uma tia que teve câncer de mama aos 50 anos, eu devo começar os exames anuais aos 40 anos, entenderam?). Caso o tumor estiver sendo possível percebe-lo com o toque do dedo, ele já é uma lesão muito grande.

No caso de cânceres avançados.
O câncer de mama no estágio de 1 ou 2 tem 90% de chances de cura, já os cânceres de estágio 3 ou 4 tem de 30% a 40% de cura.


O tratamento para esse mal sempre é sua retirada e isso será determinado pelo seu médico, que precisa ser de confiança total, de acordo com sua idade, estado de saúde e a presença, ou ausência, de receptores hormonais. As opções são: terapia local (cirurgia e radioterapia) ou sistêmica (quimioterapia, hormonoterapia e terapia alvo).
As complicação deste é: a volta de um tumor que já foi tratado ou este mesmo invadir outros tecidos, se espalhando pela circulação sanguínea, causando as metástases.
Como eu já disse, a prevenção do câncer é complicada pois não há um caminho certo, não há como prevenir-se assim como uma gripe ou uma DST (doença sexualmente transmissível) mas existem alguns estudos realizados na área que diminuem os riscos:

- A prática de atividades físicas dos 12 aos 22 anos (e contínua) é capaz de reduzir o nível de estrógeno, diminuindo até 23% dos riscos.
- Mulheres que amamentam seus filhos pelo menos 6 meses têm 5% de menos chances de adquirir a doença, já que este também estimula a diminuição de estrógeno.
- Mulheres que consomem alimentos ricos em glucosinolatos (brócolis, mostarda, couve e hortaliças verdes) têm até 45% de menos chances de desenvolver o tumor.
- Mulheres que vivem rotina estressante dobram as chances de ter o câncer.
- O consumo de 14g de álcool (uma dose) todos os dias aumentam 30% as chances do câncer de mama.

Mamografia.
Fonte: Minha Vida.

Assim, finalizo o projeto "Conheça seu corpo" com muito orgulho de cada palavrinha escrita, espero que tenham gostado.
Deixem nos comentários se gostam desse tipo de post e se querem mais desses.
Obrigada a todos que acompanharam e compartilhem as informações com o número máximo de pessoas.
Beijos da Mands!

2 comentários:

  1. Oi, Amanda!

    O câncer de mama infelizmente é um problema que ainda hoje atinge muitas mulheres. Felizmente, cada dia temos mais informações para nós previnirmos!


    Beijão, Guta! ♥
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E que o número de mortes diminua cada vez mais!

      Excluir

Desenvolvido por Ilaloá Design (2015)